• Dra. Léa Mara Moraes

Saiba mais sobre a toxina botulínica

A toxina botulínica normalmente é utilizada para a melhorar rugas de expressão, causadas pela contração dos músculos faciais nos locais onde não ocorre a distorção dos movimentos, como na testa e ao redor dos olhos.

Antes de começar a falar sobre “BOTOX”, gostaria de explicar um pouco sobre este termo. Na verdade, o produto utilizado durante o procedimento chama-se “toxina botulínica”. O termo “BOTOX” foi generalizado, pois foi um dos primeiros produtos a ser comercializado. Sempre que se utiliza a palavra “BOTOX”, refere-se ao produto cuja indústria farmacêutica é a Allergan. Hoje em dia já existem vários outros produtos disponíveis no mercado.


A toxina botulínica é a mesma produzida pelas bactérias que causam a doença “botulismo”. Essa toxina, quando injetada em pequenas quantidades em um músculo, produz um bloqueio da chamada “placa motora”, local onde o estímulo nervoso é transmitido ao músculo. Este bloqueio é bem localizado, por isso a toxina deve ser aplicada em vários pontos.


Assim, a toxina promove uma “paralisia muscular localizada”, o que, esteticamente, em áreas específicas, promove a diminuição das rugas.

A toxina botulínica normalmente é utilizada para a melhorar rugas de expressão, causadas pela contração dos músculos faciais nos locais onde não ocorre a distorção dos movimentos, como na testa e ao redor dos olhos.


Ela também pode ser utilizada para outros fins, como no tratamento do blefaroespasmo, em paralisias espásticas, motivos estéticos, além de auxiliar  no tratamento de hiper-hidrose (excesso de suor), mas neste caso o resultado melhor é nas axilas. Pessoas que suam muito em várias áreas do corpo devem procurar outros tipos de tratamento.

A PARTIR DE QUE IDADE PODEMOS UTILIZAR A TOXINA BOTULÍNICA? Não há idade mínima para o uso da toxina botulínica, uma vez que ela pode ser usada até em crianças com paralisias (sem finalidades estéticas). Pode-se usar a toxina logo que as rugas de expressão comecem a incomodar, até de uma maneira “preventiva”, evitando que os movimentos musculares repetitivos venham a marcar a pele.


Possui outras dúvidas? Estou à disposição para conversarmos: http://bit.ly/Agenda-Dra-Lea


..............................................................................................................................................................


Dra. Léa Mara Moraes, cirurgiã plástica

CRM-PR 10.492

RQE Nº: 4410 (CIRURGIA PLÁSTICA)

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica


IMPORTANTE: se você deseja se submeter à alguma cirurgia plástica, lembre-se que para a sua segurança a recomendação é a de sempre procurar por médicos certificados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica 

Consultório

Segunda a Sexta-Feira

10h às 16h

Rua Mamoré, 479 - Mercês

80510-362 - Curitiba - PR

Clínicas

Lipoplastic

Los Angeles

  • Facebook - Círculo Branco

Convênios

UNIMED
SULAMÉRICA
GEAP 
ITAIPU