top of page
  • Dra. Léa Mara Moraes

Entenda sobre cirurgia plástica combinada




Quando o assunto é se sentir bem com o nosso próprio corpo, muitas vezes pensamos não apenas em um procedimento estético, mas em dois ou, até mesmo, três, para ficar da maneira que idealizamos, ou pelo menos se aproximar disso. 


Por isso, a cirurgia plástica combinada é cada vez mais comum, e você pode entender tudo sobre ela neste post. 


Quais as vantagens da cirurgia plástica combinada

Esse tipo de procedimento oferece vantagens, isso já é um fato comprovado. Por isso, entre as principais vantagens da cirurgia plástica combinada, podemos citar: internamento, anestesia e pós-operatório único. 


O paciente passa por esses processos (que nem sempre são fáceis) apenas uma vez e, por essa razão, poupa dor, cuidados e dias de afastamento do trabalho. Da mesma maneira, as sessões de massagens e fisioterapias pós-operatórias e os gastos com remédios e antibióticos. 


Outro benefício da cirurgia plástica combinada é que um procedimento pode complementar o outro e melhorar o resultado estético final. 


Procedimentos mais comuns

As cirurgias plásticas combinadas mais comuns são:


Indicações da cirurgia plástica combinada 

Para ser submetido a uma cirurgia plástica combinada, é necessário que o paciente esteja em boas condições de saúde e passe por uma avaliação individual detalhada, levando em consideração que o tempo de duração desses procedimentos é maior e, com isso, a atenção precisa ser dobrada.


Lembre-se: para passar por uma cirurgia plástica, é importante alinhar expectativas junto ao médico cirurgião, mantendo sempre a saúde e a segurança como prioridades. 


Pós-operatório 

Por se tratar de um procedimento que afeta mais de uma área do corpo, o tempo de cuidados pós-operatórios depois da cirurgia plástica combinada será maior do que o de uma individual, além dos cuidados com as cicatrizes e procedimentos de tapping e drenagem linfática que precisam ser estendidos. 


Mas, em geral, o pós-operatório consiste em repouso nos primeiros dias; movimentos limitados no primeiro mês; medicamentos receitados pelo médico e consultas para avaliar a recuperação e resultado. Esses cuidados podem ser os mesmo de uma cirurgia isolada, mas a avaliação dessas combinações deve ser redobrada, porque o tempo cirúrgico aumentado e a somatória de cirurgias pode aumentar chances de complicações.


Cada caso deve ter avaliado cuidadosamente!


Então, agora que você já sabe um pouco mais sobre as particularidades da cirurgia plástica combinada é hora de agendar a sua consulta e conhecer as indicações individuais para você. 


Te espero no consultório! 

Comments


bottom of page